Reserve agora
+55 (88) 3102-7777
Reserve agora

Geossítios da Região do Cariri

Conheça os Geossítios que encantam os moradores e visitantes da região do Cariri:

Colina do Horto

  • colina_do_horto

Localizado a 3km da cidade de Juazeiro do Norte representado pela estátua do Padre Cícero, o Museu Vivo do Padre Cícero. É um dos pontos de visitação mais conhecidos do Cariri.

No Geossítio Colina do Horto estão presentes as rochas mais antigas da região do Cariri cearense, originadas no interior da Terra, há aproximadamente 650 milhões de anos. Essas rochas são o substrato das rochas sedimentares que constituem a Bacia do Araripe.

Cachoreira de Missão Velha

Situada no Sítio Cachoeira, a 3km da sede do Município de Missão Velha, destaca-se pelas quedas d’água, com aproximadamente 12m de altura, formadas pelo Rio Salgado.

A história do Geossítio Cachoeira de Missão Velha é relacionada ao contexto da escassez da água no Sertão. Pois lá era um dos poucos lugares onde se podia encontrar água durante todo o ano. É um lugar que chama atenção por sua grande beleza paisagística.

  • cachoreira_de_missão_velha1

Floresta Petrificada do Cariri

  • floresta_petrificada

Situado na localidade de Sítio Olho D’água Comprido, a 6km do sudeste de Missão Velha, conhecida como Grota Funda. A floresta guarda um tesouro paleontológico de valor imensurável, que tem especial importância para o estudo da paleobotânica e da evolução geológica. Este geossítio é um importante ponto de atração geoturística, oferecendo um excelente conteúdo científico didático.

Batateiras

Caracterizado pela presença de fontes naturais de água que fertilizam o Vale do Cariri e abastecem a população local. Fontes estas que se tornaram balneários e áreas de lazer da comunidade e visitantes.

Na área do geossítio encontram-se antigas edificações, como uma casa que serviu de primeira usina de eletrificação da cidade, erguida em 1939, já desativada, e uma edificação rara de um sobrado de taipa e restos da engrenagem de um antigo engenho de rapadura, movido a boi.

  • batateiras-2

Pedra Cariri

  • pedra_cariri

Na região do Cariri, encontram-se lugares de extração de calcário da chamada “Pedra Cariri”, com utilização na construção civil desde o século XIX até os dias atuais. Nos últimos anos, há um enorme esforço de coletar os fósseis encontrados nas lavras de calcário, que são encaminhados ao Museu de Paleontologia da URCA.

O Geossítio Pedra Cariri apresenta elevado valor científico, devido à ocorrência de fósseis diversos e abundantes, como insetos, pterossauros, peixes e vegetais. Os fósseis desta região são conhecidos em todo o mundo dada a excepcional qualidade de preservação.

Parque dos Pterossauros

Localizado no Sítio Canabrava, de propriedade da Universidade Regional do Cariri (URCA) e próximo ao Museu de Paleontologia da URCA, o mesmo mostra sua enorme diversidade de fósseis encontrados pelos especialistas e garimpeiros de todo o Brasil.

As concreções calcárias existentes entre as camadas de folhelhos (lama petrificada do fundo da laguna) desta formação, apresentam tamanhos e formas variadas, possuindo geralmente em seu interior fósseis de peixes tridimensionalmente preservados. Nestas concreções também são encontrados restos de pterossauros (variedade de réptil voador), dinossauros, tartarugas e vegetais.

  • pterossauros-5

Riacho do Meio

  • riacho-do-meio-6

É uma área de vegetação densa, com interessantes trilhas que passam por duas fontes naturais de águas cristalinas e uma vista privilegiada para o vale do Cariri. Nele encontram-se preservadas a fauna e flora nativas da região do Cariri, com raras espécies endêmicas, como o soldadinho-do-araripe e a samambaia-açu.

Lá também está localizada a “pedra do morcego”, o lugar onde Lampião e seu bando de cangaceiros utilizava como acampamento ou esconderijo, quando estavam na região.

Ponte de Pedra

Destaca-se pela sua bela paisagem e pela vista panorâmica, localizado no município de Nova Olinda, na descida da Chapada do Araripe. É representado por uma formação rochosa natural que lembra uma ponte e delimita por uma área entre a Chapada de Araripe, com sua floresta abundante e a cultura da coleta do pequi, e o Sertão, que pode ser avistado na descida.

Ponte de Pedra corresponde a uma geoforma esculpida no arenito, resultado da erosão provocada pela água ao longo dos últimos milhões de anos.

  • ponte-de-pedra-4

Pontal da Santa Cruz

  • pontal-da-santa-cruz-5

O Pontal da Santa Cruz destaca-se, assim como a Ponte da Pedra, pela sua bela vista panorâmica em Santana do Cariri e está localizado no topo da Chapada de Araripe. É caracterizado também por uma vistosa formação rochosa, apreciado pelos visitantes por sua ampla vista.

O Geossítio é formado pelo arenito da Formação Exu que constitui a porção superior da escarpa da Chapada do Araripe. Este arenito foi formado há aproximadamente 90 milhões de anos, sendo considerada a rocha mais jovem da Bacia Sedimentar do Araripe.

Fechar